Arte Urbana

38. ANTÓNIO VIDIGAL

A VIAGEM

Nasceu em Safara, Moura, em 1936. Em 1972 termina o Curso de Escultura na E.S.B.A.L., onde entra como Assistente em 1973. Faz aí todo o percurso académico aposentando-se, como Professor Catedrático da Faculdade de Belas Artes, em 2007. Desde os anos sessenta tem exposto escultura e desenho quer individual quer coletivamente. Tem Monumentos e outras esculturas em locais públicos em Portugal e Angola. Está representado em Museus, coleções institucionais e particulares em Portugal e outros países. Nas Caldas da Rainha (1975-2000), esteve na origem da Bienal de Escultura, do Simpósium de Escultura em Pedra e da E.S.A.D., de que foi presidente da primeira Comissão Instaladora.
Possuidor de uma vasta obra pública visível por todo o país, foi ainda nas Caldas da Rainha que apresentou uma exposição/mostra do conjunto da sua escultura através dos retratos, figuras, torsos, relevos, medalhas, em que recorreu à pedra e à madeira.
Também nesta exposição procurou explicitar as relações entre a investigação, a invenção, o ensino e a arte. Daí a exposição apresentar moldes, desenhos e um dos pantógrafos criados por António Vidigal para a reprodução e aumento da escala das peças.




© 2024 Junta de Freguesia do Parque das Nações. Todos os direitos reservados | Termos e Condições | * Chamada para a rede/móvel fixa nacional

  • Desenvolvido por:
  • GESAutarquia