Arte Urbana

5. ROLANDO SÁ NOGUEIRA

RIO VIVO

Os peixes são o motivo desta obra em mosaico italiano. Uns motivos são representados inteiros, como se tivessem sido digitalizados, outros fragmentados e planos, como numa colagem.

Rolando Sá Nogueira, nasceu em Lisboa no dia 19 de Maio de 1921. Em 1942 entra na Escola de Belas Artes para o curso de Arquitetura, contrariando a mãe que o queria médico. Mas a sua vocação eram as artes plásticas, por isso decidiu em 1946 mudar para Pintura, curso onde conhece João Abel Manta e José Dias Coelho, amigos que ficaram para vida e o influenciaram profundamente.
No início dos anos sessenta parte para Londres onde frequenta a School of Arts and Crafts (cenografia) e a Slad School of Arts. Nesta última tem um professor que vai ter uma importância decisiva na evolução da sua obra: Michael Andrews. Aqui "descobre" a colagem, a fotografia e a fotomontagem enquanto materiais essenciais na prática da pintura. Contacta também com Kurt Schwitters, Richard Hamilton, Larry Rivers e Robert Rauschenberg e Paula Rego e Maria Velez.
Imbuído do espírito pop, começou a integrar o quotidiano no seu trabalho.
Sá Nogueira foi incessantemente um pintor moderno em diálogo com o passado e o presente, afastando-se das polémicas entre as diversas correntes artísticas. Isto permitiu-lhe a imensa liberdade de ir descobrindo a pintura dos outros, incorporando os seus elementos essenciais no seu próprio universo.




© 2024 Junta de Freguesia do Parque das Nações. Todos os direitos reservados | Termos e Condições | * Chamada para a rede/móvel fixa nacional

  • Desenvolvido por:
  • GESAutarquia