Parque das Nações eleita eco-freguesia

Políticas de mobilidade e serviços de proximidade, desenvolvidos pelo Executivo da Junta de Freguesia abonaram a favor do Parque das Nações para ser considerada uma das eco-freguesias nacionais mais pontuadas. O Parque das Nações ocupa assim, nos próximos dois anos, o pódio das eco-freguesias nacionais XXI, depois do Luso (1.º lugar) e e de Alcabideche (2.º), entre 48 freguesias concorrentes. Este Prémio Nacional pretende reconhecer e divulgar as melhores práticas de sustentabilidade local nas vertentes social, económica e ambiental.

Estão de parabéns todos quantos vivem, trabalham e visitam a freguesia Parque das Nações, Lisboa, mas também as equipas que todos os dias labutam para uma melhor qualidade de vida neste território. 

O Executivo da Junta do Parque das Nações recebeu a 24 de março, em Torres Vedras, o prémio de Eco-Freguesia XXI, que distinguiu com o terceiro lugar nacional a nossa freguesia. Luís Lucas Lopes, vogal da Gestão Urbana e Sofia Lima, responsável da área da Mobilidade, receberam o prémio que o Parque das Nações passa a ostentar e que consiste na atribuição de uma bandeira e certificado, além de um pequeno prémio pecuniário. O galardão é da responsabilidade da Associação Bandeira Azul Europa e contribui para a implementação do nº11 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ONU, Agenda 2030) – distinguindo as comunidades inclusivas, resilientes, seguras e sustentáveis.

Inspirando-se no Programa ECOXXI, o projeto Eco-Freguesias XXI, foca-se na escala local, aproximando-se do território e das pessoas que o habitam. Visa contribuir para a sensibilização, educação e mudança dos gestores autárquicos, evidenciando a importância e oportunidades associadas a uma gestão territorial participada e responsável das suas comunidades.